A prova do fracasso da manifestação convocada pelo MBL (Movimento Brasil Livre) para este domingo 26 são cartazes levados pelos manifestantes contra o próprio grupo. "MBL, você uma farsa", diz um deles.

O movimento liderado por Kim Kataguiri e Fernando Holiday, que convocou atos pelo impeachment de Dilma Rousseff no ano passado, chamou as pessoas pelas redes sociais a protestar em defesa da Lava Jato, do juiz Sergio Moro e pelo fim do foro privilegiado.

Muitas pessoas que apoiaram o impeachment com a promessa de que a corrupção iria acabar e a economia melhorar, porém, já se dizem arrependidas. Mais de 1 milhão de pessoas foram às ruas no dia 15 de março para pedir "Fora Temer", "Não à reforma da previdência", "não à reforma trabalhista", e "não à terceirização".

O protesto do MBL conseguiu reunir neste domingo algumas centenas de pessoas em cidades do interior e capitais. No Rio de Janeiro, a Polícia Militar disse que acompanha o ato, mas que não irá estimar o número de pessoas presentes.

Brasil 247