4 de Outubro de 2017
Imprimir    E-mail

Governo Federal renova frota de 57% do Samu 192

 

Nesta quarta-feira, foram entregues mais 225 veículos. Ao todo, serão 2.249 ambulâncias para renovação e ampliação do serviço. Mais de R$ 1 bilhão são investidos para fortalecer o atendimento aos usuários do SUS

O Governo Federal entregou, nesta quarta-feira (3/10), 225 novas ambulâncias para renovar a frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) em todo país. A entrega foi feita em São Paulo pelo Presidente da República, Michel Temer e o Ministro da Saúde, Ricardo Barros. A nova remessa se soma aos 340 veículos já entregues no início do ano. Mais de R$ 1 bilhão são investidos para fortalecer o atendimento aos usuários do SUS. Ao todo, serão 2.249 ambulâncias para renovação e ampliação do SAMU 192. Com isso, 57% da frota serão renovadas.

Além da renovação, o Ministério da Saúde vai destinar outras 402 ambulâncias para expansão do SAMU 192. A medida beneficiará 134 municípios que ainda não possuem esse tipo de serviço. Com a expansão, a cobertura da população chegará a 84,1%, ou seja, 173 milhões de brasileiros.

“Essas ambulâncias são equipadas com aparelhos modernos, é como se fosse uma UTI, diminuindo os riscos. Então esses prefeitos que ao chegarem nas suas cidades seguramente saudados pela população e é essa alegria social que nós queremos compartilhar”, ressaltou o presidente Michel Temer.

Com o orçamento garantido neste ano, foram adquiridas 1.000 vans para transporte sanitário eletivo; 1.500 ambulâncias do SAMU 192 e 6.500 ambulâncias brancas - usadas no transporte de pacientes que necessitam de locomoção para os serviços de saúde, além de garantir o transporte de pacientes entre municípios e serviços de referência em outras cidades. Essa ação facilita o acesso a consultas, exames e internação para cirurgias eletivas, beneficiando diretamente milhões de pessoas em todo o Brasil.

O termo de doação das ambulâncias será publicado no Diário Oficial da União, discriminando os municípios contemplados e o prazo que os gestores terão para buscar os veículos.

“É uma ação importante que dá segurança e qualidade no atendimento da população e ainda reduz os custos de manutenção dessas ambulâncias que já não estavam em condições de prestar o serviço que a população precisa. Essa é nossa meta, renovar o máximo de ambulâncias para que o serviço seja ampliado e confiável”, enfatizou o Ministro da Saúde, Ricardo Barros.

PANORAMA SAMU Atualmente, o SAMU atende 81,8% da população brasileira, atuando em 3.514 municípios. Em todo o País, o Ministério da Saúde já habilitou 3.255 unidades móveis, sendo 2.659 Unidades de Suporte Básico e 596 de Suporte Avançado. Além disso, o Brasil conta com 267 Motolâncias, 13 Equipes de Embarcação e 12 Equipes Aeromédicas.

O objetivo do SAMU 192, que funciona 24h por dia, é socorrer rapidamente pacientes com necessidade de serem levados a unidades que prestam serviços de urgência ou emergência, como hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA), para atendimentos clínicos, cirúrgicos, obstétricos, entre outros, evitando sofrimento, sequelas ou mesmo a morte.

O acionamento do SAMU se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Urgências, pelo número 192. A partir do atendimento, as equipes formadas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e condutores socorristas são destacados para prestar o atendimento.

 

Por Nicole Beraldo, da Agência Saúde



« Voltar