8 de Agosto de 2017
Imprimir    E-mail

VII Conferência em Saúde e a I Conferência em Vigilância e Saúde tiveram a abertura nesta segunda-feira (07)

 

A VII Conferência Municipal de Saúde que tem como tema, a ‘Participação Social na Educação Permanente do Sistema Único de Saúde-SUS: direitos e deveres’ e a I Conferência Municipal de Vigilância em Saúde a qual trouxe pra discussão a ‘Vigilância em Saúde: Direito, Conquista e Defesa de um SUS Público de Qualidade’, tiveram sua abertura na noite desta segunda-feira, (07/08), na Câmara de Vereadores de Patos. O evento é uma produção da Secretaria de Saúde em parceria com o Conselho Municipal de Saúde.

 

A abertura foi presidida pela secretária de Saúde, Andressa Lopes, que estava acompanhada do secretário adjunto, Wendel Palmeira, e contou com a presença do vice-prefeito, Bonifácio Rocha, representando o prefeito Dinaldinho Wanderley; o promotor de justiça, Uiraçu Melo Medeiros; a professora da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e palestrante, Gisetti Corina; o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Claudemir Bento, que fez a saudação inicial aos presentes; secretários municipais, vereadores, representantes de classes ligadas a saúde em Patos e usuários do Sistema Único de Saúde - SUS.

 

A Secretária de Saúde, Andressa Lopes, fez uma avaliação positiva do evento. “Avalio as duas conferências como atitudes da gestão bastante positivas, pois é nas conferências que é debatido assuntos referentes ao atendimento no SUS e, a partir daí, pensarmos em meios de melhorar cada vez mais esses serviços prestados à população”.

 

O vice-prefeito, Bonifácio Rocha, comentou sobre a importância do evento para o plano de gestão em saúde. “A conferência vem em bom tempo e é a partir dela que criaremos o plano da atenção na saúde dos próximos quatro anos. Daí vemos o tamanho da importância de eventos como esses”, disse.

 

A palestra da noite foi proferida pela professora da área de saúde coletiva da UFCG, Gisetti Corina Gomes Brandão, que chamou a atenção dos conferencistas para a importância dos números com a atenção básica. Segundo ela, a procura pelo atendimento na UPA e no PA Maria Marques, mostra uma fragilidade na atenção básica, que muitas vezes é provocada pelo próprio paciente que só procura atendimento médico quando o caso se agrava. Gisetti considerou muito importante a conferência já no primeiro ano de Governo Dinaldinho Wanderley, pois mostra o interesse em resolver os problemas da área da saúde dentro do período orientado pelo Ministério da Saúde.

 

O evento acontece entre os dias 7 e 9 de agosto e tem como objetivo criar um momento de debate sobre temáticas pertinentes em relação ao atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS), com representantes de classes ligadas à Saúde em Patos e usuários para que, a partir dessa discussão, possa sair o plano de gestão em saúde dos próximos anos de gestão; e também escolher os delegados que irão participar da Conferência Estadual de Vigilância em Saúde que acontecerá este ano.

 

 

VII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

 

08 de agosto – Local: Centro de Treinamento Diocesano

07:30 – Acolhimento e credenciamento;

08:00 – Leitura e aprovação do Regimento;

09:00 – Tema Central: “Participação Social na Educação Permanente do Sistema Único de Saúde-SUS: Direitos e Deveres”;

10:00 – Coffebreack;

10:20 – Encaminhamentos dos trabalhos de Eixos;

12:00 – Almoço;

13:30 – Apresentação dos trabalhos de Eixos;

15:00 – Coffee Break;

15:20 – Aprovação das propostas;

17:00 – Encerramento.

 

EIXOS

 

1º Eixo: Assistência Farmacêutica;

2º Eixo: Atenção Integral a Saúde;

3º Eixo: Instrumento de Gestão;

4º Eixo: Controle Social.

 

I CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

 

09 de agosto – Local: Centro de Treinamento Diocesano

07:30 – Acolhimento e credenciamento;

08:00 – Leitura e aprovação do Regimento;

09:00 – Tema Central: “Vigilância em Saúde: Direito, Conquistas e Defesa de um SUS Público de Qualidade”;

10:00 – Coffee Break;

10:20 – Encaminhamento dos trabalhos de Eixos;

12:00 – Almoço;

13:30 – Apresentação dos trabalhos de Eixos;

15:00 – Coffee break;

15:20 – Aprovação das Propostas e escolhas dos representantes delegados que irão participar da Conferência Estadual de Vigilância em Saúde;

17:00 – Encerramento.

 

EIXOS

 

 

1º Eixo: Lugar da Vigilância em Saúde: Direito, Conquistas e Defesa de um SUS Público de Qualidade;

2º Eixo: Responsabilidade do Estado e dos Governos com Vigilância em Saúde;

3º Eixo: Saberes, Práticas, Processo de Trabalho e Tecnologia na Vigilância em Saúde;

4º Eixo: Gestão de Trabalho.



« Voltar