5 de Janeiro de 2018
Imprimir    E-mail

Maranhão Vs Luciano: aumenta Crise entre Lideres com uso de site contra Senador

O clima esquentou no inicio da noite desta sexta-feira, 5, quando o site "Tá na Área" veiculou noticia de avaliação sobre o mandato do senador José Maranhão afirmando textualmente " mesmo com pífio desempenho parlamentar, Maranhão sonha voltar ao governo pela quarta vez aos 85 anos de idade". Vai ter troco, disse uma Alta Fonte do PMDB.

É que o novo site tem propriedade de empresários aliados e alinhados com o projeto politico do prefeito Luciano Cartaxo.

A noticia revela ainda que "o senador José Maranhão (PMDB), que há 60 anos desfruta de sucessivos mandatos no legislativo e no executivo e que alimenta o sonho de governar a Paraíba pela quarta vez aos 85 anos de idade, mesmo tendo um mandato de senador a cumprir até 2022, mantém um desempenho parlamentar pífio e muito aquém das expectativas dos mais de 500 mil eleitores que o elegeram senador pela segunda vez em 2014. A constatação é de um levantamento realizado pelo Tá na Área no banco de dados do Senado Federal".

Eis o que diz o Site, na Integra:

 

POLÍTICAPOLICIALPARAÍBABRASILMUNDOECONOMIACOTIDIANOESPORTEENTRETENIMENTOOPINIÃOTV TÁ NA ÁREASOBRECOLUNISTASCONTATOANUNCIE 

 

POLÍTICADados mostram que Maranhão tem mandato medíocre e é o pior senador da Paraíba

05 de Janeiro de 2018

Mesmo com pífio desempenho parlamentar, Maranhão sonha voltar ao governo pela quarta vez aos 85 anos de idade.

O senador José Maranhão (PMDB), que há 60 anos desfruta de sucessivos mandatos no legislativo e no executivo e que alimenta o sonho de governar a Paraíba pela quarta vez aos 85 anos de idade, mesmo tendo um mandato de senador a cumprir até 2022, mantém um desempenho parlamentar pífio e muito aquém das expectativas dos mais de 500 mil eleitores que o elegeram senador pela segunda vez em 2014. A constatação é de um levantamento realizado pelo Tá na Área no banco de dados do Senado Federal.

Com apenas 05 pronunciamentos e 37 proposições, muitas delas relacionadas a temas comezinhos e sem qualquer repercussão econômica e social, a performance de José Maranhão fica muito aquém dos demais outros senadores paraibanos, Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raimundo Lira (PMDB). Além disso, o peemedebista é o que menos compareceu às sessões do Senado Federal.

Pelo levantamento do Tá na Área, Cássio Cunha Lima apresentou, em 2012, 184 proposições e utilizou a tribuna para pronunciamentos oficiais 35 vezes. Já Lira, que assumiu no segundo semestre a liderança do PMDB no Senado Federal, apresentou 101 proposições e fez 12 pronunciamentos.

De acordo com o levantamento de assiduidade parlamentar realizado pelo Congresso em Foco, o senador José Maranhão não compareceu em 13 sessões e deixou de justificar a ausência em uma delas. No total, o peemedebista esteve presente em 52 sessões.

O senador Raimundo Lira (MDB) foi o parlamentar paraibano mais assíduo e esteve presente em 61 das 65 sessões realizadas ao longo do ano passado e justificou ausência nas quatro que não compareceu. Por sua vez, o vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB), marcou presença em 58 sessões e justificou todas as suas ausências.

Mas não só foi em 2017 que José Maranhão, presidente estadual e pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, ostentou uma sofrível atuação legislativa. Tanto na sua primeira passagem pelo Senado da República como no primeiro ano do atual mandato, Maranhão sempre teve um desempenho medíocre, digno dos parlamentares vulgarmente conhecidos em Brasília como do ‘baixo clero’, apesar do sistema eleitoral brasileiro não oferecer ao cidadão informações suficientes para que este possa fazer uma boa escolha entre as centenas de candidatos oferecidos.

Mais informações sobre a anêmica atuação parlamentar do senador José Maranhão e levantadas pelo Tá na Área podem ser conferidas no site do Senado Federal ou, diretamente, pelo link  http://www6g.senado.leg.br/transparencia/sen/3361/?ano=2017

 

 

 

wscom



« Voltar