8 de Novembro de 2017
Imprimir    E-mail

Polícia realiza Operação Delivery e desarticula esquema de venda de drogas

 

As Polícias Civil e Militar da Paraíba realizaram, na tarde desta quarta-feira (8), a Operação Delivery, que empregou 60 policiais e 20 viaturas das duas forças de segurança, a fim de dar cumprimento a oito mandados de prisão temporária e 28 mandados de busca domiciliar. Dez pessoas foram presas na ação, que aconteceu na cidade de Patos como resultado de uma investigação desenvolvida pela Delegacia de Homicídios e Entorpecentes, com o objetivo de desarticular uma associação criminosa suspeita da comercialização de drogas, homicídios e crimes patrimoniais no município. O material entorpecente era entregue em domicílio.

 

Foram presos Waldimir Pereira Mendes, 50 anos; Cláudia Maria Batista, 43 anos; Rossana Medeiros de Souza, 29 anos; Maria Marlene Pereira Xavier, 45 anos; Erivânia Soares de Lucena, 47 anos; Francinaldo Tavares de Lima, de 35 anos; Sebastião Martins dos Santos, de 37 anos; e Francisco de Assis Soares de Souza, de 36 anos, em razão de cumprimento de prisão temporária. Ainda foram presos em flagrante Djonathan Nunes dos Santos, 25 anos, e Clauber Batista Alves, 18 anos, por receptação dolosa, durante as buscas domiciliares.

 

“O trabalho investigativo foi iniciado há seis meses e o nome da operação se deve ao modo como o mototaxista Waldimir atuava na cidade, servindo 24 horas à associação criminosa como receptador e entregador dos entorpecentes, utilizando o seu veículo. Ele efetuava os serviços de entrega diuturnamente, em todos os bairros do município”, explicou o delegado George Wellington, da 15ª Seccional de Polícia Civil, com sede em Patos. Todos os presos foram encaminhados para unidade policial, onde permanecem à disposição do Poder Judiciário para audiência de custódia.



« Voltar