11 de Agosto de 2017
Imprimir    E-mail

Polícia prende 22 suspeitos e apreende oito armas no primeiro dia da Operação Impacto

 

A Polícia Militar divulgou o balanço do primeiro dia da Operação Impacto, que teve a prisão de 22 suspeitos de roubos, tráfico de drogas, porte ilegal de arma, furto qualificado e em consequência a cumprimentos de mandados de prisão, entre o fim da tarde dessa quinta-feira (10) e madrugada desta sexta (11), nas cidades de João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande, Cajazeiras, São João do Rio do Peixe, São José de Piranhas, Uiraúna e Triunfo.

 

Nas 12 primeiras horas de atuação, a PM retirou oito armas de fogo de circulação em João Pessoa, Campina Grande e no Sertão, bem como apreendeu mais de 2 kg de cocaína, maconha e crack, na Capital e em Campina Grande. Foram mais de três mil abordagens realizadas com bloqueios montados em diversos pontos dos municípios.

 

A coordenadora de Comunicação Social da Polícia Militar, capitã Carla Marques, disse que as ações serão reforçadas nas próximas horas. “O planejamento prevê a intensificação das ações de forma gradativa, ocupando locais indicados pela inteligência e esse trabalho vai até a madrugada da próxima segunda-feira (14), com o objetivo de reduzir os indicadores criminais, prender suspeitos e retirar armas e drogas das ruas, como aconteceu nessa primeira noite e madrugada da operação”, lembrou.

 

Ainda na Impacto, a Polícia Militar encontrou o idoso que teve a imagem divulgada em redes sociais, com compartilhamentos que o acusavam de integrar um grupo que estaria praticando assaltos nos bairros de Manaíra e em Miramar, em João Pessoa. Ele estava hospedado em uma pousada na Capital, é natural do Estado da Bahia e tem 71 anos de idade. Até agora, não há registro no Ciop (Centro Integrado de Operações Policiais) sobre os supostos crimes e o comando do policiamento das áreas não recebeu nenhuma denúncia da situação, antes da divulgação informal do fato.

 

A PM pede para que caso haja alguma vítima, que procure a corporação e vá até uma delegacia para formalizar o caso. A procura pelo idoso por parte da PM teve o objetivo de preservar a integridade física dele, já que o assunto foi bastante difundido em grupos de mensagens instantâneas (whatsapp) e nas redes sociais - o que pode levar pessoas a querer agredir o senhor a partir desses relatos, mas também para averiguar melhor a situação.

 

A operação Impacto mobilizará mais de 2 mil policias durante este fim de semana, atuando em vários bairros e comunidades, com blitzen, abordagens, bloqueios e incursões.



« Voltar